quinta-feira, 1 de novembro de 2007





Submerso no mar de teus olhos

Entrelaças meu corpo

E em teus beijos

Minha alma se esvai.

Enchem o ar

Cheiros de paixão e prazer

A eternidade se faz presente

E o mundo cabe em nós dois

Vilemar F. Costa

Um comentário:

  1. Vilemar,

    Teu blog está lindo!
    Estarei sempre por aqui bebendo da tua poética!
    Este poema que escolhi para deixar meu recado é simplesmente maravilhoso, terno, doce...

    Uma braço e flores sempre @>--

    Dri

    ResponderExcluir