domingo, 30 de março de 2008









Em teus lábios

afogo minh’alma

no abismo inscrito em teu corpo

mergulho e alimento

entre o céu e o mundo

a memória da aliança

Nenhum comentário:

Postar um comentário